Cidadania Italiana sem Consultoria: Conheça o passo a passo e faça você mesmo

0
465

Com um grande número de descendentes italiano, estima-se que o Brasil tenha mais de 25 milhões de brasileiros que podem solicitar a cidadania.

Cresce o número de brasileiros que estão tirando a cidadania italiana. Afinal, quem não iria querer ter o direito reconhecido de ser um cidadão italiano e ter acesso fácil para transitar por diversos países, bem como estudar, morar e trabalhar em qualquer país da União Europeia?

Mas há alguns pontos deste processo que acabam desmotivando muitos brasileiros, como a dificuldade de encontrar informações, a demora, a dificuldade de recolher a documentação e o grande gasto com consultorias.

“Eu não fazia ideia de por onde começar, fiquei mais de 3 meses tentando descobrir onde encontrar uma certidão… As informações na internet são muito incompletas e acabei desistindo do processo, pois não tinha condições de pagar por uma assessoria”, relembra Eduardo Coppola, quando tentou pela primeira vez dar início no processo.

Eduardo, que já havia desistido uma vez pela complexidade e altos gasto com consultorias, ainda sonhava em conseguir a cidadania Italiana não apenas para morar na Itália, mas pela facilidade em conhecer outros países, como os Estados Unidos, liberdade de morar em qualquer país da União Europeia e poder dar mais oportunidades e facilidades para sua família.

Foi então que, depois de alguns meses, pesquisando novamente sobre o assunto, Eduardo descobriu o curso “Cidadania Italiana”, onde notou que muitos brasileiros estavam tendo gastos excessivos e desnecessários com assessoria, enquanto poderiam fazer o processo sozinhos. Ele, que se achava incapaz de fazer tudo sozinho, relata que o curso mostrou tudo que ele precisava, “parece mentira, mas consegui dar início ao processo sem precisar gastar nada com assessoria”.

Para saber mais sobre o curso, pedimos que Eduardo relatasse como foi o processo. Segue abaixo o relato do Eduardo.

Primeiro: Eu precisava saber se realmente tinha o direito de solicitar a cidadania, se poderia ser reconhecido como cidadão italiano. Em algumas horas de curso descobri que sim e também consegui identificar a origem do meu sobrenome, o que facilita o processo.

Gostaria de fazer um porém que, da primeira vez que tive essa conversa introdutória com uma assessoria, me foi cobrado o valor de R$ 300,00, sem nem me darem uma resposta definitiva.

Depois, descobri que poderia iniciar o processo tanto no Brasil, quanto na Itália. Isso dependeria de prioridades: rapidez ou a economia. Isso porque na Itália o processo é bem mais rápido, porém mais caro, enquanto no Brasil ele demora um pouco mais, mas é mais barato. Como eu não tinha pressa e nem dominava o idioma, decidi realizar o processo aqui mesmo, no Brasil.

Através do curso, descobri toda a documentação que precisava e como consegui-la, além de tudo que precisaria fazer, que envolvia uma série de burocracia, como apostilamento, reconhecimento, tradução, entre outras coisas…

Após conseguir finalizar este processo, Eduardo foi até o Consulado Italiano responsável por atender a localidade onde ele mora para dar início ao processo. E o resultado: em X tempo ele conseguiu concluir o procedimento e adquirir sua cidadania italiana, sem precisar gastar dinheiro com assessorias, que cobram entre 3 e 4 mil reais.

“Eu não acreditei… Quando comprei o curso, por um investimento tão baixo, ainda mais comparado ao que diversas consultorias queriam me cobrar, eu achei que fosse mentira. Mas foi o melhor investimento que eu fiz!”, relatou Eduardo após conseguir solicitar a cidadania italiana, apenas com as dicas do curso.

Assim como Eduardo, encontramos diversos depoimentos de pessoas relatando suas experiências com o curso Cidadania Italiana, onde contam que através dele conseguiram tirar todas as dúvidas, por se tratar de “um guia completo para quem deseja adquirir a Cidadania Italiana sem precisar gastar nenhum dinheiro com consultorias”.

Um destes depoimentos, escrito por Luana, dizia que havia pago R$ 650,00 por 2 dias de consultorias, e que tudo que foi ela viu nestes dois 2 dias foi abordado de forma ainda mais clara em uma única aula (a primeira) do curso. No mesmo depoimento, Luana também relatou que se sentiu enganada pela consultoria, depois de descobrir que poderia, com paciência e tempo, realizar o processo sozinha e sem gastar com assessorias.

Se você também está pensando em obter a cidadania italiana e quer conhecer esse curso que promete ajudar em todo o processo, você pode saber mais e conferir mais depoimentos CLICANDO AQUI.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here